Ganhador do premio deste ano: o compositor Waltel Branco.

"Waltel Branco, maestro, arranjador e instrumentista (Paranaguá, 22/11/1929) compositor erudito e popular, ajudou a criar as estéticas da MPB, Bossa Nova, Jazz-Samba e Jazz-Fusion desde os anos 50. Lançou mais de 20 discos, cultuados pelas experimentações e virtuosismo, sendo o álbum Meu Balanço um dos discos com cotação mais alta do mundo em bancas de colecionadores segundo sites como Discogs. Foi arranjador, compositor e diretor musical das trilhas de novelas e vinhetas da rede Globo por quase três décadas, dentre elas, Irmãos Coragem, Escrava Isaura, O Bem Amado, Selva de Pedra e aberturas de Jornal Nacional, Os Trapalhões, Sitio do Pica Pau Amarelo, alem de festivais e especiais musicais da emissora, tendo ajudado a criar a imagem da musica brasileira que correu o mundo em mais de 100 países através de novelas e filmes." (Manoel J de Souza Neto)